O caminho para melhorar o controle financeiro da sua empresa

Os problemas financeiros em uma empresa quase sempre estão relacionados a ações mal pensadas, sem planejamento. Investimentos na área errada, por exemplo. A falta de controle financeiro é outro fator que causa instabilidade. Quando não há um acompanhamento fiel de contas a pagar, a receber, produto em estoque, a bola de neve vai aumentando e em um momento será impossível detê-la.


Um controle financeiro em dia é capaz aprimorar a gestão, minimizar efeitos negativos e prever consequências futuras, servindo para gerar informações úteis e confiáveis para a tomada de decisões. Este artigo mostra o caminho com dicas básicas de como melhorar este processo em sua empresa.


Controle de caixa


A finalidade do controle de caixa é verificar se não existem erros de lançamentos ou eventuais desvios. Ele deve ser feito diariamente. Constatada alguma irregularidade, as divergências devem ser apuradas o mais rápido possível.


Controle bancário


Serve para pôr frente a frente os registros da empresa e o que foi lançado pelo banco, além, é claro, de mostrar se a quantia em caixa é suficiente para o empreendimento honrar com os compromissos financeiros.


Controle de vendas


Expõe ao gestor o montante de vendas do período, seja do dia, semana ou mês, dando dimensão se o trabalho está dentro ou abaixo da meta estipulada.


Controle de contas a receber


Faz o controle de valores a receber dos clientes nas vendas a prazo e ajuda na elaboração do fluxo de caixa. Quanto maior o montante, maior será a necessidade de capital de giro.


Controle de contas a pagar


Além de auxiliar na elaboração do fluxo de caixa, a exemplo do controle de contas a receber, este item organiza os valores a pagar, separando pelo seu grau de importância, prazo, se está vencido ou não, quantia e prioridade. Quando não for possível cumprir com os compromissos, o melhor é renegociar a dívida.  


Controle de estoque


Permite ao empresário saber a quantidade de produtos que tem em estoque e se há movimentação ou não. Auxilia antecipando uma eventual falta na prateleira ou evitando que haja gastos excessivos com compras desnecessárias.


Como colocar o controle financeiro em prática


Agora que você entendeu sobre os controles financeiros básicos e a importância de tê-los atualizados e condizentes com a realidade, apresento três alternativas para colocá-los em prática.


Faça você mesmo


Se os controles citados acima foram preenchidos fidedignamente, significa que a casa está organizada. Informações confiáveis a respeito do seu negócio geram dados úteis para decisões financeiras. Só que não basta ter boas referências se não estiverem ao alcance da mão de modo a agilizar o processo.


Softwares de gestão


Já existem inúmeros softwares com o serviço voltado a empresas, quase em sua totalidade, cobram assinatura ou mensalidade para liberar o acesso às ferramentas que controlam o fluxo de caixa, com pagamentos e despesas, e estoque. Alguns até contam com a opção de emissão de relatórios financeiros e notas fiscais. Se mostram ferramentas práticas para planejar orçamentos.


Escritório de contabilidade
 

Delegar a um escritório contábil de confiança o controle financeiro da sua empresa sai bem mais em conta que manter um contador no quadro de funcionários só para a função. Muitas empresas de assessoria contábil atualmente oferecem mais serviços que demonstrativos contábeis, cálculos de tributos ou emissão de folhas de pagamento, elas ajudam com a gestão empresarial, planejamento estratégico, oferecendo um diagnóstico empresarial, gestão de processos e controle financeiro.